página inicial
 
home
apresentacao
palavreio
mandinho
maria
noticias
videos
fotografia
imprensa
contratantes
contatos
 
 
 
facebookblogmyspacetwitteryoutube
 
 
 
 
 
 
 
LEANDRO MAIA APRESENTA DONA CÔ


Lendária sambista de Pelotas, Dona Cô vai ganhar DVD sobre sua obra

Autora de centenas de composições é tema de projeto de doutorado de Leandro Maia

27/07/2017 - 15h05min | Atualizada em 27/07/2017 - 15h11min
Lendária sambista de Pelotas, Dona Cô vai ganhar DVD sobre sua obra Everton Maciel/Divulgação
Lendária sambista de Pelotas, Dona Cô vai ganhar DVD sobre sua obra Everton Maciel/Divulgação
Pesquisador Leandro Maia (D) já divulgou trabalhos sobre a obra de Dona Cô (E) em conferências internacionais Foto: Everton Maciel / Divulgação 

Desde o final de 2015 na Inglaterra, onde faz doutorado pleno em Songwritting na Bath Spa University, o gaúcho Leandro Maia está se tornando um cidadão do mundo, mas sem se desligar da província. Em novembro, ele participará, em Pelotas, de um projeto que é parte de sua tese: o simpósio Etnografias da Herança Musical, parceria entre a universidade inglesa e a UFPel, da qual é professor licenciado. 

Integram a programação artística e acadêmica a gravação de um CD/DVD de Conceição Rosa Teixeira, lendária sambista pelotense, e concerto e workshop do grupo Kusanganisa, formado por ele (voz, violão, composições), Chartwell Dutiro, do Zimbabwe (voz, mbira), e os britânicos Nick Sorensen (sax) e Chris Blanden (baixo).

Esta semana Leandro está em Porto Alegre para assistir à defesa de tese de sua mulher, Maria Falkembach, na UFRGS (sobre dança na escola), e matar as saudades. Converso com ele por e-mail. Primeiro, quero saber mais sobre essa sambista.

– Conceição, que todos chamam de Dona Cô, hoje com 87 anos, é famosa por ter criado mais de cem filhos adotivos – começa. – Mas ela também é autora de centenas de sambas, compostos só com voz e batucada. Mesmo sem saber tocar nenhum instrumento harmônico, é possível acompanhar suas ideias devido a sua ótima afinação e senso harmônico. É como se ela, além de incorporar tradições ligadas às religiões afro-brasileiras, também incorporasse a tradição do samba.

No projeto do DVD, que será gravado ao vivo, Leandro divide a responsabilidade com Giovani Goulart, pianista e produtor pelotense radicado no Canadá que já vinha colaborando com Dona Cô.

– Em parte, essa produção integra minha tese de doutorado sobre processos criativos da canção brasileira, em que abordo tópicos como intuição, conhecimento tácito e espontaneidade – segue. – Já apresentei Dona Conceição em conferências internacionais como o British Forum of Ethnomusicology. Para quem se interessar mais, há um vídeo no Youtube, pequeno documentário sobre ela que fiz com a turma do curso de cinema da UFPel, Dona Conceição e seus Sambas.

Os relatos sobre as ações de Leandro Maia não ficarão por aqui. Voltarei a ele ainda uma ou duas vezes antes de novembro. É um baita músico e uma grande cabeça.


 
     
   
 
     
     
 
   
 
 
  Todos os direitos reservados. Leandro Maia 2012                             desenvolvido por nativu design e JL Comunicação